Tudo que você precisa saber sobre carga fracionada

A carga fracionada pode ser chamada facilmente de “envio otimizado”, pois é uma modalidade que consegue facilitar bastante a operação logística de diversas empresas. Com os clientes finais comprando cada vez mais, esse tipo de alternativa só tende a crescer.

Para explicar como a carga fracionada pode ajudar a logística da sua empresa a atender um número maior de clientes, preparamos este artigo completo sobre o assunto. Continue com a gente e confira. Boa leitura!

O que é a carga fracionada?

Já precisou enviar vários pedidos de uma só vez? No modelo tradicional de transportes, o motorista utiliza todo o potencial do seu veículo e, portanto, o cliente recebe a sua encomenda em um prazo razoável. Nesse cenário, a melhor solução é adotar o sistema de carga fracionada.

Basicamente, essa é uma modalidade que foca no envio de pequenos volumes de carga. Quando há um cenário como o citado anteriormente e ainda o desejo de todos os participantes em economizar na operação, a carga fracionada é o caminho natural.

Vamos a um exemplo simples: digamos que a sua empresa tenha um número considerável de clientes para receber várias encomendas, e os pedidos precisam ser coletados em diferentes pontos.

Se você fosse fechar um veículo para cada entrega, com certeza gastaria muito e ainda correria o risco de perder o controle da operação em algum momento, certo?

Ao adotar a carga fracionada, a sua empresa consegue contratar um único veículo para recolher os produtos em diferentes lugares e realizar as entregas para os clientes. Ou seja, ao mesmo tempo em que você utiliza toda a capacidade do caminhão também diminui o custo do serviço.

Optando por contratar um motorista profissional através de plataformas de intermediação, a economia é ainda maior. Ao fazer isso, a sua empresa arca apenas com o valor das entregas acordadas, sem precisar se preocupar com burocracias trabalhistas, manutenção de veículo ou combustível.

Qual a diferença entre carga fracionada e carga completa?

Uma confusão que ainda acontece muito diz respeito às semelhanças e diferenças entre a carga fracionada e a carga completa. Sendo duas modalidades de envio, elas levantam dúvidas em muitos clientes.

Entenda, abaixo, o que é, como funciona e quando é recomendado o uso da modalidade carga completa.

Carga completa

Apesar de o nome inicial ser o mesmo, a verdade é que a carga completa é praticamente o oposto da carga fracionada. Enquanto a fracionada abraça pedidos de vários clientes, a modalidade “carga completa” trabalha com a mercadoria de apenas um.

Além disso, na carga completa, o embarcador arca com o frete total, pois ainda que o veículo não seja preenchido por completo, nenhum pedido de terceiros é adicionado. Há várias razões para esse tipo de escolha, por exemplo:

  • restrições nas características da mercadoria;
  • urgência na entrega;
  • fragilidade de carga.

Como a modalidade de carga fracionada ajuda na logística da sua empresa?

Agora que você já sabe como funciona a carga fracionada, entenda como ela pode ser benéfica para a logística da sua empresa.

Atendimento abrangente aos clientes

Como explicado, a carga fracionada consegue trabalhar com pedidos de vários clientes de uma vez, ainda que eles estejam espalhados em diferentes regiões e esperando pequenos volumes.

Para a sua empresa isso é importante, pois ela adiciona um número maior de usuários no atendimento das entregas. Desde que não haja nenhum tipo de restrição quanto às mercadorias, a operação pode ser tranquilamente compartilhada.

Otimização de entregas

Ao optar por fazer entregas seguindo o modelo de cargas fracionadas, há todo um trabalho para que os veículos não saiam sem toda a sua capacidade de ocupação preenchida.

Com isso, a sua empresa consegue não só otimizar o transporte em termos produtivos, mas também atender regiões inteiras dentro do prazo estipulado e com custo reduzido.

Aperfeiçoamento no planejamento de rotas

De certa forma, a carga fracionada faz com que a empresa trabalhe melhor o planejamento de rotas. Embora o atendimento de um número maior de clientes seja algo vantajoso, os bons resultados só serão reais se as demandas forem atendidas dentro do prazo.

Por isso, é fundamental investir no planejamento de rotas, utilizando ferramentas tecnológicas, como as de rastreamento de carga a fim de informações relevantes sobre os trajetos dos veículos.

Diminuição dos custos

Como explicado, na carga fracionada o valor das entregas é diluído devido ao número de entregas dentro do mesmo veículo. Isso faz com que a modalidade seja muito mais econômica para as empresas.

Além disso, caso você utilize motoristas externos para realizar as entregas, você passa a economizar também na questão da manutenção e conservação dos veículos, bem como no preço do combustível.

Para empresas que desejam atender seus clientes finais sem precisar aplicar grandes recursos financeiros, a carga fracionada é uma modalidade mais que recomendada. Com as tecnologias disponíveis e as diversas formas de contratação de motoristas que existem no mercado atualmente, não há razão para você se manter atrás da concorrência em relação ao transporte e logística.